.

Economia consciente exige a criação em conjunto de novas possibilidades

Economia Consciente foi tema da palestra do alemão Matthias Schneider, idealizador e diretor da Transformar Consultoria de Gestão Transformacional, no Bom Dia Associado, promovido pela Associação Comercial de Porto Alegre. O café da manhã aconteceu nesta quinta-feira, 19/7, no Salão Nobre do Palácio do Comércio.

Segundo ele, no momento atual é perceptível que alguma coisa está terminando e outra começando. Falta uma peça nas organizações, tem algo mais profundo acontecendo e elas não conseguem captar o que é. “O sistema precisa mudar. Devemos deixar o velho ir e ser receptivos ao novo. Este novo mundo deve ser criado em conjunto, com ambientes coletivos para cocriar novas possibilidades.”

Na velha economia da escassez não tem para todos, conforme ele. “Isso gera medo, paralisação, provoca uma competitividade doente e, como consequência, crise. A economia consciente é da abundância, pois temos recursos mal distribuídos. O amor deve mover os ambientes em rede, com tecnologias colaboracionistas, cuidar do todo e assim cuidar de si também. A transformação acontece a partir de cada um”, afirmou Schneider.  

Ele entende que hoje existe uma desconexão do homem, que não é mais parte da natureza, nem do outro e nem de seu ´eu´. Ao mesmo tempo,  a sociedade quer algo que está em transformação dentro das pessoas. Acrescentou que governo e sociedade civil estão esvaziados. Nesta transição, acredita que não é mais possível cada um negociar individualmente, mas cocriar o mundo em que queremos viver. “Todos somos mestres e aprendizes, devemos ensinar e aprender.”

Ele concluiu afirmando que estamos vivendo dentro de velhos paradigmas e precisamos revê-los. “Não adianta ficar dentro da ´casinha´. O novo não será o mais do mesmo. Temos que abrir a mente e o coração, no sentido de ir para fora de seu ´eu´ para o lugar do outro. Escutando o outro a partir do lugar dele. Também observar a si mesmo no essencial. Devemos quebrar as barreiras para chegar na nova sociedade.”

Matthias Schneider é mestre em Ciência de Administração na Universidades Konstanz e Vienna, com ênfase em Relações Internacionais (Alemanha e Áustria). Certificado e atuando como Mediador de Conflitos em Organizações & Culturas, com experiências com empresas e organizações na Europa, EUA, América do Sul, e África.